quarta-feira, 22 de junho de 2011

Não é velho, é quase Retrô... Mas é Vintage !!


Imagem ilustrativaVamos entender o significado de vintage. O significado nada tem a ver com moda. É um nome dado a colheita de vinhos. A origem ou significado vem de vint relativo à safra de uvas e age de idade. Quanto mais velho melhor, saca?

O termo retrô (re-tro, e em inglês retro) significa para trás. Tá, você deve estar pensando que tudo está relativo ao velho, e qual é a diferença? 
Vamos exemplificar: Imagine você indo ao brechó e dá de cara com uma maravilhosa peça (roupa, acessório, objeto de decoração) da idade da sua avó ou mais antiga ainda em perfeito estado. Isso é vintage!
É algo antigo que fez sucesso em uma determinada época e que ainda vive... digamos assim. Já o Retrô seria um lançamento de algo influenciado por uma peça vintage, totalmente repaginados. Aqui não se trata unicamente de moda e bobagens fashions, mas é relativo a tudo. 
Se vintage é você ir a um brechó e dar de cara com um fiel vestidinho anos 50, retrô é você ir no shopping e ver um relançamento de um vestidinho, no mesmo estilo daquele anos 50 lá do brechó.
Resumindo: O vintage é algo velho com cara de novo e o retrô é algo novo com cara de velho. Quem é vintage é retrô e quem é retrô é vintage.


Considera-se Vintage, tudo utilizado há aproximadamente 20 anos... ou seja aqueles shorts jeans cintura alta e t-shirts rockers dos anos 90, é vintage


Alguns pontos que compõe o Vintage:


*Artigos e acessórios antigos.





Vestidinhos de renda



Sapatos de Verniz 





Vestido e saias de tule (esse paninho meio transparente)



O famoso Pôa... As roupas de bolinha.... eu só chamava assim !!











Laços..









E o tão polêmico Pin UP



Cores Primárias ( Amarelo, vermelho e azul )











Gente.. Ser vintage está na moda... boinas, suspensórios, lenços...Usem e abusem sim... 
Toda pessoa com estilo eh Um pouco Vintage e todo Vintage tem muito estilo !!




Beijos !!

sábado, 30 de abril de 2011

Textura Capilar – Afro-etnicos

Desvendando os cabelos étnicos.

Os cabelos étnicos apresentam formato em “Z” um zig zag por assim dizer. De origem africana, a estrutura dele é leve e eriçada. Este tipo de cabelo é o mais fino entre todos, ocasionando a quebra com muita facilidade, além de apresentar superfície ressecada.

              É o tipo mais frágil de cabelo porque tem menos camadas de cutículas, o que significa menos proteção natural contra os danos. São densos, unidos e com muita espessura. Podem variar entre finos, médios e grossos.
             “Este tipo de cabelo tem sua textura mudada pra criar cortes e penteados. Mas no seu formato original ele também tem seu lugar. Por ser leve e eriçado se aproveitou muito para criar looks com interpretações futuristas. Moicanos e trançados com rastafári, grandes cones de cabelos decorados foram o centro de apresentações como as de Gerard Kuchno e Laurent Delafoy. Impressionante também como este cabelo foi apresentado por Wilfrid Kaloff que na projeção de imagens aparecia uma negra com vários formatos de cabelo fazendo alusão a um corvo e esta mesma modelo encerrou seu desfile completamente careca, aplausos de pé”, comenta o Diretor Artístico MIX-USE Paulo Ricardo.


amplia


Um só corte, um só estilo: Channel !!


Cortes: a história do Chanel


Estilo conquistou passarelas, filmes e salões de beleza.
Inspirado no Chanel clássico de Louise Brooks, sucesso na década de 20, o corte liso e curtíssimo ganha releitura moderna e vira tendência do século 21.

Antes restrito as passarelas do mundo fashion, o Chanel geométrico virou febre nacional com a atriz Mayana Moura desfilando o corte nas telas de Passione.  A tendência se mantém como o pedido mais freqüente nos salões de beleza desde então.

                    É necessário observar o formato do rosto antes de realizar este corte. Não convém aplicá-lo em pessoas com rostos redondos e nem nos rostos finos. “Este tipo de Chanel aumenta ainda mais os rostos redondos e afina muito os traços já delicados dos rostos finos” 
                   A franja acima das sobrancelhas e as linhas horizontais do corte representam estabilidade, pessoas de personalidade forte, diretas e determinadas se encaixam perfeitamente no estilo Chanel à La Brooks.
                     “Segundo a técnica de Visagismo, o Chanel Geométrico, quando aplicado em rostos longos e ovais suavizam os traços fortes característicos destas faces”, comenta Dionatan sobre os rostos ideais para este tipo de corte.

                     Como a nuca e o pescoço ficam à mostra com este tipo de Chanel, ele se torna propício para usar com golas altas, mantas e cachecóis, trajes exclusivos do inverno. Desta forma a tendência promete reinar no outono/inverno, acesse o site www.mixuse.com.br e fique por dentro.


amplia
Mayana Moura








amplia
Louise Brooks


Um novo chanel para 2011




 As tendências em cortes de cabelo saem de cena e retornam após algum tempo. Porém, raramente um corte reaparece em um intervalo tão curto, mesmo que muito evoluído, como aconteceu com o chanel. O corte ressurgiu com popularidade em 2008, desaparecendo no fim de 2009. Menos de um ano depois voltou e ainda está na moda, como mostra a modelo Abbey Lee Kershaw nesta imagem para um editorial da Vogue Japão. Mas o que mudou neste corte de 2008 para 2010/2011?





ampliaO chanel de 2008 era todo com navalhas afiadas e repicados, muitas vezes cortado bruscamente no comprimento de queixo, como o exibido por Victoria Beckhan. Em 2009 o chanel adquire contornos mais suaves. Franjas foram crescendo para fora e camadas foram assumindo o lugar de linhas sem corte, mas os estilos eram visivelmente muito clássicos ou muito modernos.

Em 2010 as influências retrô vieram com tudo. A tendência a um visual anos 70 mais sofisticado foi acompanhada por um chanel mais comprido, meio ondulado embaixo, com uma borda reta, mas não muito “dura”.


ampliaEm 2010/2011, o mesmo chanel pode ser estilizado com um toque dos anos 60: a volta do volume com as pontas viradas para fora, ou com uma suave influência folk (pense em Françoise Hardy).

Mesmo que a franja não seja obrigatória para a criação de um estilo retrô, ela também volta à cena de modo independente. A espessura e corte da franja não mudou tanto assim ao longo dos últimos anos, com a moda favorecendo franjas espessas com linhas de corte bruscas. Franjas finas ou em camadas devem ser evitadas. Você pode jogar com o comprimento, criando uma franja curta (como o visto em Abbey Lee Kershaw) como opção.



Outra forma de trabalhar a franja em 2010/2011 é arredondar os cantos para adicionar um efeito de moldura ao rosto. Isto pode ser muito sutil ou mais dramático, dependendo da sua preferência e do que combina mais com o visual da cliente. Foi o que o hairstylist Neandro Ferreira fez nos cabelos de Mayana Moura.

Rio de Janeiro Fashion Week

 18.01.2011

Os penteados que ditam moda.

Aconteceu na última semana o desfile de moda Rio de Janeiro Fashion Week e ficamos de olho nos penteados das modelos que desfilaram.

            Cabelos presos em um rabo de cavalo baixo, com divisões laterais e efeito molhado quebraram tabus. Os looks presos vêm com a finalidade de valorizar o pescoço e ombros e destacar os decotes ousados que a estação mais quente do ano sugere. O rabo de cavalo baixo e estilizado é interessante para as mulheres de face ovalada por harmonizar o rosto, além, é claro de ser prático e ajudar a compor um look de festa.

                            Os cabelos mais altos também estiveram presentes nas passarelas. Os looks assinados por Ricardo dos Anjos e Lavoisier fizeram a diferença sob os holofotes do RJ Fashion Week. Coques altos e franjas lisas proporcionaram as modelos um ar mais romântico e ao mesmo tempo elegante e sofisticado. Sugestões eficientes para o cabeleireiro caprichar nos penteados das clientes.

                             Os cabelos das passarelas também nos ditam sobre moda e comportamento, adaptar os extravagantes e glamorosos looks das passarelas para o cotidiano dos salões de beleza é o que nos move a aceitar o novo e as novas possibilidades.


ampliaamplia













amplia

Dionatan Pereira , Técnico Jr. MIX-USE







O crespo curtinho de Camila Pitanga !!

A tendência que já virou moda entre as brasileiras.

           A ditadura dos cabelos longos deu uma trégua e cedeu espaço para a febre dos curtos e curtíssimos. As mulheres estão redescobrindo o quanto os cabelos curtos podem ser elegantes e femininos, com toda a praticidade que só um curto pode oferecer.

               Mas enganasse quem pensa que apenas as lisas desfilam Chanel, as crespas também usam e abusam das madeixas curtas. A aposta da novela Insensato Coração é o novo visual de Camila Pitanga que aparece com os fios desconexos e curtos e que promete virar tendência nacional.

                       O visual das atrizes das novelas acabam sendo a principal referência de moda entre a grande maioria das brasileiras, o que reflete diretamente no salão de beleza. Os cabeleireiros mais antenados são aqueles que estão constantemente conectados as tendências que os meios de comunicação lançam a todo o momento.

                        Os cabelos cacheados dão certo trabalho para as mulheres, mas não há duvidas que os cachos valorizam os traços femininos deixando-as mais jovens e sensuais. O novo visual de Camila Pitanga, que interpreta uma executiva em ascenção profissional em Insensato Coração, traz um Chanel despontado na altura do queixo, com a frente mais longa, franja de lado, mechas mais curtas no alto da cabeça e bem bagunçadas.

                 Os cabelos crespos são rebeldes por natureza, os de Camila Pitanga não fogem a regra, por esta razão usar um produto sem enxágüe como tratamento para domar e definir os cachos é o segredo deste look.

“O cabelo com o fundo no tom 4,7 de Crystal Gloss, com  mechas finas próximas ao rosto, iluminando-o. Tonalizados com 7,3 Crystal Gloss e finalizados com oSeven-On-One MIX-USE, creme sem enxágüe com sete tratamentos para cabelos armados, crespos e volumosos, são a combinação perfeita para um look igual ao da atriz Camila Pitanga” revela a Técnica Nacional MIX-USE Bruna Tasca.

                         A união entre produtos de qualidade MIX-USE, corte contemporâneo e ousado mais a cor perfeita são sinônimos de clientes satisfeitas e de lucro certo. Mantenha-se informado diariamente sobre as tendências que ditam moda no mundo através do site www.mixuse.com.br





amplia









Magê Finger









sábado, 12 de março de 2011

Peças Indispensáveis !!!

As vezes algumas pecas legais fazem muuuuuuuuuuita diferenca no guarda roupa, por isso coloquei alguns itens otimos pra dar aquele upgrade no guarda-roupa!
Arrazaaaaaaa!!!






Slouch Pants

          Na teoria, quem tem quadris grandes, culotes, bumbum volumoso ou barriga saliente, não deveria usar. Na prática, porém, esse volume em tecidos firmes pode trabalhar a favor dessas silhuetas, já que o volume da calça é formado pelo pano.  Mas procuro usar com blusas mais justinhas pra dar uma balanceada.








Short... èé no invero TBM !!

 JEANS  SIM!



Apesar dos shorts serem peças típicas do verão, não é preciso deixar de lado nesse inverno porque eles estão com tudo!! Em um dia mais frio ele pode ser usado com meia calça , sandálias pesadas, ankle boots, sapatilhas, também fica lindo com bota de montaria de cano médio.
Se ele tiver este estilo rasgado melhor ainda!